:)

sexta-feira, 31 de janeiro de 2020

Janeiro 2020: R$2.022,58 (+5,8%)

Aporte Janeiro: -
Renda Passiva: R$6,98
Rentabilidade Janeiro: 3,44%

Aporte nenhum, crescimento da carteira se deu exclusivamente por valorização dos ativos.

Bitcoin puxou a alta, valorizou 34% em relação ao mês anterior. Tudo que é variável ficou acima de 1% e tudo que é renda fixa ficou abaixo, hahaha.

Voltamos a atingir 2k de patrimônio, próxima metinha é superar o valor que eu tinha em Outubro do ano passado (R$2.119).

Com esse enorme patrimônio atual, para consumi-lo até os meus 100 anos, eu teria de gastar o equivalente a R$13,55 por mês, hahaha.

Vocês planejam ter um valor acumulado e pegar os rendimentos ou pretendem "corroer" o patrimônio ao longo da vida?

Tenho pensado nisso ultimamente e acho que deixar o montante final intocado enquanto só usa os rendimentos não faz muito sentido pra mim... Mas até lá... tem muito dinheiro pra acumular ainda, hahaha.

7 comentários:

  1. Olá Ryca,

    Eu acredito que farei um misto de corroer o patrimônio e pegar os rendimentos. Mas, vamos ver, pode mudar hehe

    ResponderExcluir
  2. Ryca, dá pra usar o patrimônio sim, ou então a pessoa tá achando que vai levar algo quando for dessa pra outra vida?? Alguns podem falar em herança. Sim, de fato. Mas também não dá pra querer viver só dos rendimentos né. Se puder retirar os rendimentos e ainda usar parte do patrimônio, mesmo que bem pouco, ótimo.

    ResponderExcluir
  3. O único problema é imprevistos né... uma doença em idade avançada pode consumir todo teu patrimônio de uma vez e ai é melhor ter o dinheiro guardado do que passar necessidade rs.

    Grande abraço.
    Rumo a IF
    https://rumoaif.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Olá, Ryca
    Ainda não tomei decisão sobre sua questão, mas estou com maior tendência de torrar a grana ao longo do tempo se eu não tiver herdeiro rs.

    ResponderExcluir
  5. De verdade eu acredito que chega uma hora que você nem consegue utilizar o patrimônio muito além dos juros/renda passiva, eu já tenho um habito de consumo que me agrada bastante e está consolidado, não me vejo aumentando muito meu padrão de vida então inevitavelmente meus filhos, meus netos vão acabar sendo agraciados com alguma herança.

    ResponderExcluir
  6. Cara, no meu caso a primeira meta é sempre o 1kk. Correr atrás disso e depois colocar algo mais desafiador

    ResponderExcluir
  7. Estou cada vez mais tendendo a não ter filhos, sendo assim, é bem provável que minha escolha seja torrar tudo. Acho um pouco complicado planejar em que momento começar a corroer o patrimônio já que pensar em uma corrosão concomitante com o recebimento dos rendimentos além de mais complicado de calcular (mas nada inviável), acho perigoso caso haja algum problema na economia onde o dinheiro estiver alocado.
    Pensando na opção de começar a corroer mais a frente, talvez quando "sentir" que a vida está acabando, ou mesmo conforme a necessidade médica acabe ficando maior com a idade e a grana ajude a dar aquele "último sprint" com boa qualidade de vida.

    ResponderExcluir

Os comentários são moderados. Não falte com educação :)