:)

quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Natal sem presentes

Não que eu esteja fazendo uma coisa super diferente do habitual, mas não compro presentes de Natal já faz alguns anos.


 Quando comprava era aquele deus-nos-acuda, pois não planejava o gasto com esse tipo de coisa e sempre acabava me ferrando no ano seguinte. Uma das táticas que adotei e mais gosto, é a de não levar dívidas para o ano seguinte, justamente para não comprometer o orçamento futuro. Sei que do dia 31/dez para 1/jan na prática não muda muita coisa, mas acho sempre bom aproveitar essas "marcações" para tentar recomeçar de forma organizada.

Adoro ganhar presentes, mais pelo ato de demonstração de carinho do que pelo objeto em si, mas não espero ganhar nada no Natal, assim como não compro nada para ninguém. A exceção é meu namorado, mas não seguimos datas muito específicas... de repente compro um HD externo que ele estava querendo muito ou ele me dá algo relacionado à Instax e "fica como presente de Natal/aniversário/namoro atrasado/adiantado".

Além do mais, a maioria das pessoas não me conhece assim tão bem e, apesar de gostar da atenção despendida, no fim das contas acho um saco ganhar algo que não vai ter utilidade prática na minha vida e vai servir apenas para ocupar espaço.
Assim não me atolo em dívidas obrigatórias impostas socialmente e não perco tempo tentando descobrir o que dar pra fulano ou sicrano.

Mas calma, não sou um monstrinho, eu presenteio as pessoas que gosto sim. Apenas deixo isso para os aniversários. Assim os gastos são diluídos ao longo do ano e eu tenho tempo de avaliar e pesquisar os melhores preços para dar algo que sei que a pessoa realmente vai gostar.
Natal é bom para rever a família e comer muita comida boa, encaro presente como um gesto especial, então prefiro dar nos aniversários, assim a pessoa sabe que no meio da correria do dia-a-dia eu realmente pensei nela, e não simplesmente por uma convenção social.

E sim, eu sou ótima em guardar datas, para desespero do namorado, huhuaha.

4 comentários:

  1. Não se atola em dividas mas é uma matrixiana que namora.

    Esqueci, vc é mulher, é seu papel ser "pau mandada".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o comentário do anônimo é o mesmo que dizer que abacaxi nasce em caminhão porque eu vi um cheio de abacaxi.
      kkkkkkkkk

      Excluir
    2. Isso aí Ryca, também não compro presentes de Natal.
      Na real que sou péssimo com convenções sociais ...

      Excluir

Os comentários são moderados. Não falte com educação :)